PROJETO LID/HUB/Organização Mundial da saúde (OMS)

O projeto LID/HUB patrocinado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), tem como principal objetivo, formar novos pesquisadores em saúde sexual e reprodutiva (SSR) de países com baixo índice de desenvolvimento humano da América Latina e Caribe. Além disto, por solicitação da OMS, hoje estamos envolvidos em seis novas atividades dentro deste projeto:

O CEMICAMP (Centro de Pesquisa em Saúde Reprodutiva de Campinas), foi designado como centro de formação de recursos humanos em pesquisa na área de Saúde Sexual e Reprodutiva pelo Programa de Reprodução Humana da Organização Mundial da Saúde (RHR/OMS) para a América Latina e Caribe – Projeto LID/HUB. Dentro desse projeto, desde o ano de 2018, temos recebido profissionais da área da saúde (Médicos, Enfermeiros, Sociólogos, etc.) para a realização de mestrado e/ou doutorado no Departamento de Tocoginecologia da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). O Curso de Pós-Graduação é considerado nível 7 pelo CAPES, que é a classificação máxima concedida pelo Ministério da Educação brasileiro. O CEMICAMP, através do projeto LID/HUB, paga uma bolsa de estudo para esses alunos que consiste em: passagem aérea de ida e volta para o país de origem, bem como uma bolsa mensal semelhante à paga pelas agências de financiamento no Brasil. O curso de mestrado tem uma duração máxima de 24 meses e de doutorado de 48 meses. Anualmente, anunciamos a seleção de novos alunos entre setembro e outubro, sendo que o CLAP/OPS Uruguai nos apoia nessa divulgação para alcançar os países de baixo índice de desenvolvimento humano.

Conheça os alunos desse projeto:

  1. Charles M´poca, Moçambique

Médico, iniciou seu mestrado em 2018, defendeu sua dissertação em 2019. Iniciou doutorado em 2020.

Projeto: Mortalidade Materna e COVID

Orientador: Prof. Dr. Rodolfo Pacagnella.

  1. Alejandra Suyapa Becerra Torres, Honduras

Médica, iniciou seu mestrado em 2019. A Defesa de sua dissertação de mestrado está agendada para fevereiro de 2021.

Projeto: Adolescentes vítimas de violência sexual atendidas no CAISM/UNICAMP no período de 2011-2018: Estudo retrospectivo para caracterização da agressão e do cuidado.

Orientadora: Profa. Dra. Arlete Maria dos Santos Fernandes

  1. Lester Castro, Honduras

Médico, iniciou seu mestrado em 2019. A Defesa de sua dissertação de mestrado está agendada para fevereiro de 2021.

Projeto: Utilização do Sistema de Classificação de 10 grupos de ROBSON em um Hospital de Referência de Honduras.

Orientadora: Profa. Dra. Maria Laura Costa do Nascimento

  1. Noé Nehemías Gomez Marroquín, Guatemala

Enfermeiro, iniciou seu mestrado em 2020. Projeto de dissertação de mestrado em andamento.

Projeto: Avaliação de fatores associados à gestação na adolescência na população indígena da Guatemala

Orientadora: Profa. Dra. Fernanda Garanhani de Castro Surita

  1. Leila Rocha, Brasil

Enfermeira, iniciou seu mestrado em 2020. Projeto de dissertação de mestrado em andamento.

Projeto: Acesso a métodos e cobertura contraceptiva entre mulheres migrantes da Venezuela assentadas em Boa Vista, Roraima, Brasil

Orientador: Prof. Dr. Luis Bahamondes

Alunos com bolsa da Organização dos Estados Americanos (OEA) 

  1. Montas Laporte, Haiti / Venezuela

Médico iniciou seu doutorado em 2018. Recebeu bolsa da OEA e segue trabalhando nos projetos do HUB/OMS.

Projeto: “Aceitabilidade e continuação de uso do implante contraceptivo liberador de etonogestrel (Implanon) comparado ao sistema intrauterino com levonorgestrel (DIU-LNG), o dispositivo intrauterino (DIU) TCu380A e métodos de curta duração no setor público brasileiro.

Orientador: Prof. Dr. Luis Bahamondes.

Publicações:

“The SARS-CoV-2 pandemic scenario in Africa: What should be done to address the needs of pregnant women?” (Int J Gynecol Obstet 2020; Oct 5. doi: 10.1002/ijgo.13403)

Postplacental placement of intrauterine devices: A randomized clinical trial. Contraception 2020; 101:153-158. doi: 10.1016/j.contraception.2019.12.006

Evaluation Of Clinical Performance when intrauterine devices are inserted by different categories of healthcare professional. International Journal of Gynecology & Obstetrics 2020; Sep 27.doi: 10.1002/ijgo.13396.

  1. Sherly Meteleous, Haiti / Santo Domingo

Médica iniciou seu doutorado em 2020. Recebeu bolsa da OEA e segue trabalhando nos projetos do HUB/OMS.

Projeto: Entendendo as causas e fatores associados na investigação do óbito fetal no Brasil: Estudo prospectivo”.

Orientador: Dr. Renato Teixeira Souza.

Criamos um Comitê Gestor do Projeto HUB/OMS para dar mais transparência as ações. Esse grupo se reúne a cada seis meses. A composição do Comitê feito pelos seguintes membros:

    • Luis Bahamondes, presidente do CEMICAMP
    • Luis Carlos Zeferino, Diretor da Faculdade de Ciências Médicas (FCM)/UNICAMP
    • José Guilherme Cecatti, Coordenador da pós-graduação DTG/FCM/UNICAMP, Professor Titular de Obstetrícia DTG/FCM/UNICAMP
    • Ilza Monteiro, pesquisadora voluntária do CEMICAMP
    • Maria Laura Costa, Professora Livre-Docente DTG/FCM/UNICAMP
    • Luiz Baccaro, Professor Livre Docente DTG/FCM/UNICAMP
    • João Luiz de Carvalho Pinto e Silva, Professor Titular Aposentado Voluntário do DTG/FCM/UNICAMP

Com objetivos alinhados entre a OMS e o CEMICAMP, os recursos do Projeto LID/HUB foram utilizados para o desenvolvimento dos cursos de atualização profissional:

Estatística Avançada para Estatísticos – Apoio para Centros de Pesquisa da América Latina ligados ao Projeto LID/HUB/OMS:

Em 2019, durante o mês de outubro, recebemos cinco estatísticos para curso avançado de estatística, que foram os seguintes:

    • Diana Martinez, Colômbia
    • Fernando Ponce Perez, Honduras
    • Helymar da Costa Machado, Brasil
    • Josymar Santos Palacios, Guatemala
    • Walter Domingo Castelvi Benitez, Paraguai

Recebemos também a Docente da Universidade de Cali – Colômbia, Profa. Dra. Maria Fernanda Escobar Vidarte para firmar acordos na formação de profissionais dessa universidade. E duas alunas defenderam suas dissertações de mestrado pela Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP, sobre morbidade materna na saúde da mulher utilizando instrumentos da OMS chamado WOICE. Ambas se aplicaram e foram aceitas para o doutorado, dando seguimento a sua formação no mestrado

Curso Multiprofissional de Metodologia de Pesquisa para profissionais da América Latina

Desde 2018, o CEMICAMP, oferece anualmente no segundo semestre o curso multiprofissional de metodologia de pesquisa para profissionais dos países da América Latina com aulas em espanhol. O objetivo do curso é introduzir os profissionais na área de pesquisa e dar ferramentas para o desenvolvimento de um projeto de pesquisa e publicação com os dados coletados.

  • 2018 – Utilizamos a plataforma WEBEX com aulas ao vivo, e totalizamos 100 inscrições além de uma lista de espera com mais de 50 profissionais.
  • 2019 – Utilizamos aulas gravadas, devido a diferença de horário do Brasil com os demais países, e o curso contou com 120 inscritos.
  • 2020 – As aulas gravadas foram atualizadas e obtivemos 50 inscritos.
Em 2021, as inscrições serão abertas no mês de julho para inicio em agosto e término em novembro de 2021. Para maiores informações, escreva para: CEMICAMP@CEMICAMP.org.br
Bioestatística Avançada para alunos de pós-graduação da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP

 No segundo semestre de 2020, de agosto a novembro, oferecemos, com Recurso do Projeto HUB/OMS um curso avançado de bioestatística avançada para os alunos da pós-graduação da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP e contamos com 20 inscrições. O objetivo do curso foi aprofundar o conhecimento e conduzir os jovens pesquisadores a realizar as análises estatísticas de seus projetos de pesquisa.

No segundo semestre de 2021 voltaremos a oferecer esse curso. Para maiores informações, escreva para: CEMICAMP@CEMICAMP.org.br
Curso de Implementação de Pesquisa para alunos de pós-graduação da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP

No segundo semestre de 2020, de outubro a dezembro, oferecemos, com Recurso do Projeto LID/HUB/OMS um curso de Implementação de Pesquisa para os alunos da pós-graduação da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP e obtivemos 12 inscrições. O objetivo do curso foi introduzir conceitos sobre implementação de pesquisa.

No segundo semestre de 2021 voltaremos a oferecer esse curso. Para maiores informações, escreva para: CEMICAMP@CEMICAMP.org.br

O CEMICAMP através do HUB tem tido um papel importante no desenvolvimento e apoio à pesquisa.

Apoio à pesquisa:

Em 2020, desenvolvemos a análise dos dados de uma aluna do CLAP/PAHO, estudando na Carolina do Norte, sobre aborto em países da América Latina.

Desenvolvimento de pesquisas:

Sob a coordenação do Prof. Dr. Luis Bahamondes, o projeto de pesquisa intitulado “Avaliação dos serviços de saúde sexual e reprodutiva para venezuelanos nas fronteiras venezuelanas com o Brasil – 2019”, exigiu a negociação com o ACNUR e autoridades de diversos níveis federais, estaduais de Roraima e municipais de Boa Vista e Pacaraima para que os pesquisadores tivessem acesso aos abrigos dos refugiados Venezuelanos. Um grupo de 5 pesquisadores foi enviado por uma semana, para coletar dados nos diversos abrigos. Os dados já foram analisados, um artigo já foi publicado e um está em andamento para ser enviado para publicação.

 Bahamondes L, Laporte M, Margatho D, de Amorim HSF, Brasil C, Charles CM, Becerra A, Hidalgo MM.Maternal health among Venezuelan women migrants at the border of Brazil. BMC Public Health. 2020 Nov 23;20(1):1771.

Como desdobramento desse estudo, dois pesquisadores, uma psicóloga e uma cientista social, passaram mais uma semana realizando grupos focais com as mulheres dos abrigos, focando na saúde da mulher nessa população vulnerável do Estado de Roraima. Dois artigos foram escritos e enviados para publicação:

  1. Reproductive health among Venezuelan migrant women at the north western border of Brazil: A qualitative study. Journal of Migration and Health.
  2. Perception regarding violence of Venezuelan migrant women sheltered at the northeast Brazilian border. Journal of Immigrants and Refugee Studies

E também a aluna de mestrado Leila Rocha viajou em janeiro de 2021 para Roraima, e novas entrevistas foram realizadas com mulheres refugiadas para coleta de dados para o projeto de pesquisa “Acesso a métodos e cobertura contraceptiva entre mulheres migrantes da Venezuela assentadas em Boa Vista, Roraima, Brasil”. Junto da aluna de doutorado Rachel Soeiro que entrevistou adolescentes para coleta de dados para o projeto de pesquisa intitulado “Avaliação dos serviços de saúde sexual e reprodutiva para venezuelanas na fronteira com o Brasil”.

O CEMICAMP tem otimizado todos os recursos disponíveis do Projeto HUB para aprimorar e apoiar a formação de novos pesquisadores.