Pesquisas em andamento

Lista de pesquisas em andamento:

  • HRO Alliance Long Term Development HUB Grant for Latin America
  • Vigência: 09/2017 a 08/2020
    Objetivos: Treinar provedores de cuidados à saúde em metodologia de pesquisa
    Metas: Treinar os provedores de cuidados à saúde em metodologia de pesquisa
    Resultados (alcançados/esperados): ter profissionais treinados em hospitais públicos de 6 países da América Latina. Pretendemos ter 6 profissionais de cada hospital fazendo cursos presenciais na Universidade Estadual de Campinas e mais 15 profissionais de 6 hospitais em cursos a distância. Totalizando cerca de 96 profissionais treinados e aptos a replicar seus conhecimentos para os demais profissionais de seus locais de trabalho.
    Metodologia utilizada: Cursos de treinamento em metodologia de pesquisa. Cursos presenciais e cursos administrativo online.
    Fonte de Financiamento: Organização Mundial da Saúde
    Pesquisador Coordenador: Dr. Luis Bahamondes
  • Technical support for the Development of Algorithms and Clinical Scenarios for antenatal and Intrapartum Care
  • Vigência: 09/2017 – 12/2017
    Objetivos: Em 2016, a OMS divulgou recomendações para cuidados pré-natais para uma experiência positiva da garvidez. Em 2017, a OMS divulgou recomendações para cuidados intraparto para uma experiência positiva da gravidez. Com o objetivo de facilitar a implementação dessas diretrizes e alavancar a experiência dos trabalhadores de saúde que trabalham na linha de frente no atendimento às gestantes, a OMS está desenvolvendo ferramentas digitais para apoiar a tomada de decisões durante cuidados pré-natal e intraparto. Por trás dessas ferramentas digitais existem algoritmos clínicos, desenvolvido de acordo com as diretrizes da OMS. À medida que as ferramentas digitais são desenvolvidas, é essencial identificar e corrigir anomalias que esses sistemas poderiam produzir em termos de orientação clínica para casos individuais. O objetivo deste projeto é desenvolver tais algoritmos e cenários clínicos para testar as ferramentas digitais.
    Metas:
    1. Desenvolver algoritmos clínicos com base nas novas recomendações da OMS sobre cuidados pré-natais
    2. Rever os algoritmos clínicos intra-parto (SELMA) contra as novas recomendações da OMS no tratamento intra-parto para uma experiência de gravidez positiva;
    3. Desenvolver 50 cenários clínicos baseados nas novas recomendações da OMS sobre o intra-parto cuidado com uma experiência de gravidez positiva; teste SELMA contra esses cenários e identificar anomalias do sistema;
    4. Desenvolva 50 cenários clínicos com base nas novas recomendações da OMS sobre cuidados pré-natais cuidado com uma experiência de gravidez positiva; teste a nova ferramenta eletrônica ANC contra estes cenários e identificar anomalias do sistema;
    5. Colaborar com os desenvolvedores de software que trabalham neste projeto, fornecendo o suporte técnico necessário e descrever a experiência clínica.
    Resultados (alcançados/esperados): Meta 1 atingida e nesse momento a meta 2 está em desenvolvimento
    Metodologia utilizada: Desenvolver algoritmos e cenários clínicos para testar as ferramentas digitais.
    Fonte de Financiamento: Organização Mundial da Saúde
    Pesquisador Coordenador: José Guilherme Cecatti e Samira M Haddad
  • Study A65787: Global Maternal Sepsis Study (GLOSS)
  • Vigência: 2017 – 2018
    Objetivos: desenvolver e validar um conjunto de critérios para identificar: uma possível infecção materna grave (sepse materna presumida), a sepse materna (sepse confirmada); avaliar a frequência e os desfechos da sepse materna, identificação e manejo da sepse materna e neonatal precoce.
    Metas: definir o conceito de sepse materna e identificar e validar critérios para isso.
    Resultados (alcançados/esperados): Estudo programado para iniciar no final de novembro de 2017
    Metodologia utilizada: estudo institucional, prospectivo, de coorte transversal e com duração de uma semana; multicêntrico, em 54 países da América Latina, África e Ásia.
    Fonte de Financiamento: Organização Mundial da Saúde
    Publicações: sem publicação até o momento
    Pesquisador Coordenador: Dr. José Guilherme Cecatti
  • Desenvolvimento de um modelo preditor de complicações gestacionais por meio de “tecnologias móveis”: estudo de coorte (Maternal Actigraphy Exploratory Study I (MEAS-I))
  • Vigência: 2017 – 2019
    Objetivos: O objetivo desse estudo é identificar preditores de complicações gestacionais por meio de dados gerados por tecnologias vestíveis (sensores de punho – actigrafia) que avaliam padrões de sono-vigília e de atividade física e estabelecer um biorrepositório de amostras biológicas que possibilite estudos futuros também relacionados a complicações maternas e perinatais.
    Metas: explorar as possibilidades de associação entre padrões de atividade e de sono/vigília com o desenvolvimento de condições obstétricas patológicas.
    Resultados (alcançados/esperados): identificar preditores de complicações gestacionais por meio de dados gerados por tecnologias vestíveis (sensores de punho – actigrafia) que avaliam padrões de sono-vigília e de atividade física e estabelecer um biorrepositório de amostras biológicas que possibilite estudos futuros também relacionados a complicações maternas e perinatais.
    Metodologia utilizada: O estudo será uma coorte que incluirá 400 mulheres nulíparas brasileiras em cinco centros participantes. Um actígrafo será oferecido entre 19+0 e 21+0 semanas de idade gestacional para que a gestante use diariamente durante toda gestação até o parto. Os dados do actígrafo serão descarregados e armazenados no banco de dados quando a participante retornar ao pré-natal na instituição participante ou no seu Centro de Saúde entre 27-29 semanas, entre 37-39 semanas e/ou até o nascimento. Será também realizada a coleta de amostras biológicas (sangue e fios de cabelo) entre 19-21 semanas para compor o biorrepositório do estudo. Dados sociodemográficos, dados relativos à gestação, parto, puerpério e dados relativos a desfechos perinatais maternos e neonatais também serão coletados nas visitas e no período pós-parto.
    Fonte de Financiamento: Bill & Melinda Gates Foundation
    Pesquisador Coordenador: Dr. José Guilherme Cecatti
  • Utilização da metabolômica para identificação e validação de biomarcadores para parto pré-termo
  • Vigência: 2014 -2018
    Objetivos: O objetivo principal deste estudo é o desenvolvimento de biomarcadores como teste de rastreamento para parto pré-termo, incluindo os componentes de desenvolvimento e validação, com relevante aplicabilidade clínica. Visa-se identificar, no início da gestação, mulheres sob risco de apresentar trabalho de parto pré-termo, o que poderia colaborar para a realização de intervenções precisas e oportunas capazes de reduzir a ocorrência de desfechos maternos e perinatais adversos relacionados à prematuridade. Esse tema tem aumentado sua importância no cenário brasileiro e mundial na atualidade devido as impactantes consequências da prematuridade.
    Metas: desenvolver um algoritmo para a predição de parto prematuro utilizando biomarcadores metabolômico e dados clínicos e epidemiológicos
    Resultados (alcançados/esperados): Fase de descoberta do conjunto de biomarcadores em fase final. Coorte brasileira de gestantes nulíparas de baixo risco em fase final de coleta de dados.
    Metodologia utilizada: O estudo será composto por 2 componentes: um componente de desenvolvimento, contemplado por um estudo de caso-controle utilizando mulheres que participaram do estudo SCOPE, uma coorte internacional que coletou amostras no início da gestação de 5690 mulheres nulíparas, analisando dois grupos: Grupo Caso, composto com dados e amostras de mulheres que tiveram parto prematuro espontâneo antes de 34 semanas, e Grupo Controle, composto por mulheres que evoluíram para parto a termo. O perfil metabolômico será analisado juntamente com dados sociodemográficos para o desenvolvimento de um modelo preditor de parto pré-termo. O outro componente, de validação do modelo preditor, será um estudo de coorte com mulheres brasileiras de cinco centros participantes. Coletar-se-ão amostras de sangue e cabelo às 20 semanas de gestação para análise metabolômica, além de dados sociodemográficos, dados relativos à gestação, parto, puerpério e dados relativos a desfechos perinatais maternos e neonatais. As duas fases ocorrerão simultaneamente.
    Fonte de Financiamento: CNPq e Bill & Melinda Gates Foundation
    Pesquisador Coordenador: Dr. José Guilherme Cecatti, Renato Teixeira Souza
  • Estudo para avaliar a eficácia, farmocicinética, segurança e aceitabilidade do Sayana® Press quando injetado a cada quatro meses.
  • Objetivos: Avaliar se a injeção de acetato de medroxiprogesterona subcutânea é efetiva como contraceptivo quando injetada a cada quatro meses
    Metas: taxa de gravidez
    Resultados (alcançados/esperados): taxa de gravidez
    Metodologia utilizada: estudo clinico com um subcomponente de farmacocinética
    Fonte de Financiamento: FAMILY HEALTH INTERNATIONAL
    Periodo vigência: 2017-2019
    Publicações: sem publicação até o momento
    Pesquisador Coordenador: Luis Guillermo Bahamondes
  • Estudo para avaliar a supressão da ovulação pós-administração única subcutânea de várias doses de depo-provera
  • Objetivos: Avaliar se a injeção de acetato de medroxiprogesterone subcutânea com 45, 75, 104 ou 105mg é efetiva como contraceptivo
    Metas: taxa de gravidez
    Resultados (alcançados/esperados): taxa de gravidez
    Metodologia utilizada: estudo clinico de farmacocinética
    Fonte de Financiamento: FAMILY HEALTH INTERNATIONAL
    Período vigência: 2016-2018
    Publicações: sem publicação até o momento
    Pesquisador Coordenador: Luis Guillermo Bahamondes
  • Manifestações clínicas de usuárias de contraceptivos de somente progestagenios.
  • Objetivos: Avaliar diferentes manifestações clinicas em usuarias de contraceptivos de somente progestágenos
    Metas: contribuir ao conhecimento cientifico incluído estudos de farmacocinética e estudos de mecanismos de ação
    Resultados (alcançados/esperados):
    Metodologia utilizada:
    Fonte de Financiamento:
    Temático FAPESP 2015/20504-9
    Periodo vigência: 2016-2021
    Pesquisador Coordenador: Luis Guillermo Bahamondes
  • Estudo experimental randomizado do uso do sistema liberador de levonorgestrel versus implante subdérmico liberador de etonogestrel no controle da dor pélvica em mulheres com endometriose
  • Objetivos: Avaliar os dois contraceptivos no controle da dor em mulheres com endometriose
    Metas: controle da dor e sangramento
    Resultados (alcançados/esperados): estudo finalizado
    Metodologia utilizada: estudo randomizado
    Fonte de Financiamento: Merck Sharp Dhome
    Período vigência: 2015-2018
    Publicações: sem publicação até o momento
    Pesquisador Coordenador: Luis Guillermo Bahamondes
  • Progesterona e Pessário cervical para Prevenir Parto Prematuro em mulheres com colo curto (Estudo P5)
  • Vigência: 2014 -2018
    Objetivos: O principal objetivo deste projeto é comparar a eficácia da associação da progesterona e do pessário cervical na prevenção do parto prematuro em gestantes com colo curto, em comparação ao uso isolado da progesterona; e avaliar a relação custo-efetividade de um programa de rastreamento e tratamento de colo curto no Brasil.
    Metas: Avaliar se os resultados justificam um programa de rastreamento do comprimento cervical durante a gestação e tratamento das que apresentarem colo uterino curto.
    Resultados (alcançados/esperados): A amostra final deverá ser composta por 936 mulheres (468 em cada grupo). Para garantir uma análise de subgrupo para colo menor ou igual a 25 mm, considerando a prevalência de colo abaixo de 25 mm, metade da amostra deverá ter colo menor que 25 mm
    Metodologia utilizada: A proposta é realizar um estudo de coorte observacional prognóstica associado a um ensaio clínico randomizado em casos identificados de encurtamento do colo do útero. O ensaio clínico deverá comparar o uso isolado da progesterona vaginal versus progesterona vaginal associada ao pessário cervical
    Fonte de Financiamento: CNPq e Bill & Melinda Gates Foundation

 

Projetos associados ao P5:

  • Estudo Qualitativo – Prematuridade: silêncios e consequências. Um estudo qualitativo sobre a percepção de pais e profissionais de saúde. – Submetido PLOSOne
  • Objetivos: Entender como a comunicação entre pais e profissionais de saúde se relaciona com a prematuridade
    Metas: Entender como a comunicação entre pais e profissionais de saúde se relaciona com a prematuridade
    Resultados (alcançados/esperados): Entender como a comunicação entre pais e profissionais de saúde se relaciona com a prematuridade
    Metodologia utilizada: Estudo descritivo exploratório com desenho qualitativo, utilizando a técnica de grupo focal.
    Fonte de Financiamento: CNPq
    Período vigência: 2017-2018
    Pesquisador Coordenador: Rodolfo Pacagnella
  • Avaliação da Satisfação das usuárias de pessário
  • Objetivos: Avaliar a experiência de gestantes e profissionais de saúde em relação a duas estratégias de tratamento preventivo precoce para evitar partos prematuros
    Metas: Avaliar a experiência de gestantes e profissionais de saúde em relação a duas estratégias de tratamento preventivo precoce para evitar partos prematuros
    Resultados (alcançados/esperados): Avaliar a experiência de gestantes e profissionais de saúde em relação a duas estratégias de tratamento preventivo precoce para evitar partos prematuros
    Metodologia utilizada: A pesquisa que está sendo desenvolvida é um componente do estudo multicêntrico intitulado “Progesterona e Pessário cervical para prevenir parto prematuro em gestantes com colo curto: uma coorte seguida de um ensaio clínico randomizado (ESTUDO P5)”. Trata-se de um estudo descritivo que está sendo realizado em dois braços utilizando abordagens quantitativas e qualitativa cujos sujeitos são as participantes do ESTUDO DO P5. Na abordagem quantitativa, estão sendo convidadas a participar todas as mulheres que participaram do ensaio clínico após o parto. A participação dessas mulheres consiste em responder um questionário estruturado com perguntas acerca de sua experiência com o tratamento. Esta entrevista está sendo realizada por telefone e dura aproximadamente 15 minutos. Para a abordagem qualitativa, estão sendo selecionadas 51 mulheres que usarão o pessário cervical que tenham tido gravidez única e gravidez gemelar proporcionalmente à inclusão no estudo. Em ambos os grupos, serão selecionadas mulheres que tenham descontinuado o uso do pessário, mulheres que usaram o pessário até o final da gestação e que tiveram parto prematuro e mulheres que tiveram parto a termo. Caso uma pessoa sorteada não aceite participar do estudo, será sorteada outra para ser convidada a participar, até completar a amostra necessária. Também será estudada uma amostra proposital de 34 médicos (as) (dois em cada centro) dentre todos os que estiveram envolvidos no atendimento das mulheres participantes do ESTUDO P5.
    Fonte de Financiamento: CNPq
    Período vigência: 2016-2018
    Pesquisador Coordenador: Rodolfo Pacagnella